quinta-feira, 15 de maio de 2014

PROJETO A COPA É JUNINA.

Tema: A COPA É JUNINA
Incisos
I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII, IX e XI

Justificativa
Chegado o mês de junho, chega também uma das maiores festividades brasileiras, a Festa Junina. E, com a chegada da Copa do Mundo, considerada uma paixão nacional, é necessário casar as duas comemorações.
Quem disse que a Copa que criança pequena não liga para a Copa? Liga sim e muito. Afinal os “pequenininhos também são contagiados pelo clima do torneio esportivo mais popular no Brasil.”
Como está na nossa proposta pedagógica a socialização e a experimentação das diferentes possiblidades de aprendizagem é que vamos resgatar a memória das tradições juninas e enfatizar a copa do mundo, esperando contribuir para a aquisição da aprendizagem do educando, estimulando-os na criatividade, e envolvimento na socialização com os colegas de sala  e toda a comunidade interna.

As crianças podem aprender a:

• Socializar com as outras pessoas
• Resgatar a tradição/memória das festas juninas
• Desenvolver a criatividade
• Desenvolver ritmos de habilidades motoras
• Conhecer as diferentes linguagens regionais sobre: Alimentação, costumes, brincadeiras e danças.
• Vivenciar situações lúdicas que possibilitem a expressão do prazer, de conflito, de frustração, negociação e aprendizagem.
• Enriquecer o conhecimento dos alunos quanto à história das Festas Juninas
• Desenvolver o ritmo, compasso e criatividade;
• Conhecer um pouco sobre o Brasil que vai sediar a copa
• Despertar o gosto pela diversidade cultural do Brasil • Identificar as cores da bandeira do Brasil (branco, amarelo,  verde e azul)
• Identificar formas geométricas nas bandeira
• Trabalhar os sentidos (órgãos dos sentidos)
• Estimular a atenção, criatividade, imaginação, expressão artística
• Desenvolver a linguagem oral e escrita, o raciocínio lógico

Sugestões de atividades:
1. PARA INICIAR O ASSUNTO:

Saco surpresa contendo uma bola de futebol dentro.
Com alunos na rodinha, passar o saco surpresa para cada um tente descobrir o que está dentro. Explorar conceitos como:
É duro? Mole? Faz barulho? É redondo? Pesado ou leve? Etc.

2. PROBLEMATIZAÇÃO:

- Em conversa informal na sala, perguntar aos alunos:
“Que esporte praticamos usando bola? E esta bola? É usada em que jogo?
“Nestes dias estamos ouvindo falar um acontecimento importante: a Copa do Mundo? O que vocês sabem sobre a Copa?” Vocês sabiam que os caipiras também vão à copa? E quem são os caipiras?
Aproveitar o gancho e contar para eles a história da origem da festa junina e tentar interdisciplinar os assuntos.
O que nós sabemos sobre a Copa do Mundo e as festas juninas? O que nós queremos aprender
sobre a Copa do Mundo as festas juninas?

3. OUTRAS ATIVIDADES

• Conversa informal com os alunos sobre o tema
• Apresentação e apreciação da bandeiras do Brasil
• Decoração da sala nas cores da copa com temas juninos (Ex: corrente verde/amarela, bandeirinhas verde/amarelas, etc.)
• Apresentação de cartazes sobre festa junina – tema da nossa festa
• Apreciação de músicas juninas
• Ensaios para a festa junina
· Brincadeiras juninas: pescaria, tiro ao alvo (bola ao alvo), boca do sapo e jogo das argolas. Cada turma do infantil ficará responsável por confeccionar e montar no dia da festa uma brincadeira. 

SUGESTÕES DE ATIVIDADES POR ÁREA DE CONHECIMENTO

Linguagem oral e escrita


• Conversa informal
• Leitura do poema “Jogo de bola” de Cecília Meireles
• Conto e reconto
• Listão de palavras
• Palavras chaves: copa / bola / bandeira / apito / gol / chuteira / Brasil /Fogueira/Balão/ canjica etc.
• Atividades que envolvam as palavras-chave acima
• Escrita dirigida
• Escrita espontânea
• Pesquisa para casa
• Jornalzinho sobre algum jogo do Brasil
• Cruzadão
• Caça-palavras
• Nome – 1ª letra
• Nome o mascote Fuleko
• Montagem de paineis juninos para enfeitar a escola.
• Leitura de textos informativos.
• Leitura de poesias e/ou músicas juninas.
Leituras de textos criativos.
• Montagem de cartazes e convites.
Montagem de painel com crendices e superstições.
• Conscientização do perigo de soltar balões.

MATEMÁTICA

• Números e quantidade
• Introduzir o retângulo na cor verde
• Conceitos matemáticos
• Calendário
• Tabela da copa
• Labirinto
• Ligue-ligue
• Quebra – cabeça
• Figuras geométricas observadas no campo de futebol.

NATUREZA E SOCIEDADE

• Os animais fazem parte do universo das crianças pequenas, leve para sala de aula bichos de pelúcia de animais da fauna brasileira.
• Apresentação do mascote, nome, cores, significado.
• Selecionar uma culinária típica de cada país participante da Copa e degustar com a turma.
• Aproveite o mascote Fuleko (tatu-bola) para explorar esse animal típico da fauna brasileira e que está em extinção. Fale de outros animais que estão em extinção.

ARTES

• Crianças necessitam de recursos visuais que facilitem seu entendimento. Logo, é importante enfeitar a sala de aula e munir-se de objetos como: bandeiras, viseiras, camisetas, brinquedos, etc.
O esporte faz bem a saúde. Partindo desse princípio, explique aos alunos que para jogar futebol precisamos ter uma alimentação saudável. Monte, junto com os alunos, um cartaz com imagens de alimentos que fazem bem a saúde e fotos de pessoas correndo, jogando bola, andando e exercitando.

Junto com as crianças confeccione:

• Móbile com fitas nas cores do Brasil para que as crianças possam passar as mãos.
• A bandeira do Brasil com o carimbo dos dedos e das mãos das crianças;
•  Organize a torcida BABY da copa do mundo com apitos, pom pom, camisetas e viseiras .
• Confeccionar o mascote da Copa (Fuleko) características brasileiras para ficar na sala, aproveitar para explorar o nome, as letras do nome, as cores da roupa, características do animal etc.
• Decorar a sala com bolas e bandeiras coloridas nas cores verde e amarela.
• Organize uma oficina musical. A música desperta o interesse dos pequeninos. Use instrumentos musicais de sucata.
• Brincadeira - Dado dos Animais: Numa caixa de papelão cole imagens dos animais brasileiros em extinção assim como o tatu-bola dos lados do quadrado. As crianças jogam o dado e a imagem do bicho que cair para cima deve ser explorada com movimentos variados como: imitar o som, a locomoção, desenhar, modelar ou cantar uma música correspondente.
• Artes com temas juninos (pipoca, milho, chapéu, tecidos xadrez ou chita.)
· Organização da Copinha Dalva. Cada turma monta um time com 04 jogadores para disputar com as outras salas. As outras crianças da turma serão a torcida organizada. Cada torcida terá um grito de paz.

PROGRAMAÇÃO DA CULMINÂNCIA:

Data: 10/06/2014
Evento: Copinha Dalva
·         Depois do recreio todos nos reuniremos (torcidas e jogadores) para iniciar a disputa da Copinha Dalva. Ao final teremos a premiação dos vencedores.

Data: 11/06/2014
Evento: Festa Junina (interna)

PREPARAÇÃO ANTES DO DIA:
1.       Cada turma do infantil confeccionará uma brincadeira junina: pescaria, tiro ao alvo(bola no gol), jogo das argolas e boca do sapo para que as crianças das outras turmas brinquem.
As crianças brincarão nas brincadeiras que quiserem até a hora das apresentações;
2.       Cada turma ensaiará um número artístico para apresentar que pode ser música, dança, dramatização etc ;
3.       As roupas da festa fica a critério da família (ressaltar a não obrigatoriedade da roupa, mas a família deve definir com antecedência se a criança vai participar);

4.       Ressaltar que será um evento interno, por isso as famílias não participarão.

NO DIA:
1.       A chegada será em horário normal.
2.       No primeiro tempo, cada turma deverá montar a sua brincadeira na sua sala, enfeitando e organizando o espaço.
3.       Após o recreio as crianças visitarão cada sala para brincar nos jogos.
4.       No horário combinado (a sirene irá tocar), todos devem voltar para suas salas e se prepararem para as apresentações no pátio.


DECORAÇÃO

1.       Em homenagem à copa predominarão as cores da bandeira brasileira;
2.       Cada sala terá sua decoração feita com as crianças.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS



segunda-feira, 14 de abril de 2014

SUGESTÕES DE LEITURA

Bom dia.

Todos sabemos que o Professor (com P maiúsculo) está sempre em movimento e à procura de novas ideias para incrementar mais suas aulas. Recentemente adquiri 03 livros que vêm me ajudando muito na minha prática e resolvi compartilhar com todos.Muitas vezes, ao comprar um novo livro, somos iludidos por títulos sugestivos que não têm muito a ver com o conteúdo do livro e ao que ele se propõe, por isso acredito que sugestões de quem está na lida diretamente podem evitar alguns equívocos.

Os livros que sugiro hoje são:

1. ENSINAR E APRENDER BRINCANDO - Mais de 750 atividades para educação infantil
    Autores: Pam Schiller e Joan Rossano - Editora Artmed - 2008
    Esse livro traz muitas ideias de atividades em todas as áreas de conhecimento: Artes visuais, Artes
    dramáticas, Linguagem e alfabetização, matemática, música e movimento, coordenação motora, ciências,
    natureza e sociedade e raciocínio lógico. São atividades simples e muito práticas. Os autores se
    preocuparam em ilustrar suas ideias facilitando a compreensão das atividades.

2. 90 IDEIAS DE JOGOS E ATIVIDADES PARA SALA DE AULA
    Autoras: Daisy Gomes e Ana Maria Ferlin - Editora Vozes - 4ª edição - 2011
    Esse livro realmente cumpre o que propõe. São atividades que podem ser aplicadas desde a educação
    infantil até o 5º ano do fundamental I. A linguagem é simples e as ideias são inovadoras. Vale a pena!

3. PRATICANDO A GENTILEZA EM SALA DE AULA
    Autor: Ney Wendell - Editora Prazer de Ler - 2012
    Esse livro me ajudou muito no projeto sobre valores que realizamos na escola. Suas atividades são muito
    fáceis de aplicar e bem interessantes.

Espero que seja de alguma valia. Posteriormente, postarei algumas atividades de cada livro.

Abraços.
 

PROJETO MINHA ESCOLA É SHOW

PROJETO: MINHA ESCOLA É SHOW

Justificativa
O projeto Minha escola é show foi criado a partir da orientação da SME com a finalidade de conscientizar alunos, pais, funcionários, professoras e gestores da importância de cuidar dos espaços e das pessoas da nossa escola. Através do nosso trabalho podemos contribuir com a construção de um ambiente saudável e adequado para o desenvolvimento integral das nossas crianças, onde todos cuidam dos espaços da escola mantendo-os limpos e bem cuidados e respeitam as regras de convivência.

Objetivo Geral:
Conscientizar toda comunidade escolar da importância de um ambiente escolar limpo, saudável e onde todos se tratam com respeito.

Objetivos Específicos:
·         Conscientizar toda comunidade escolar da importância da conservação, limpeza e manutenção do bem público.
·         Levar os alunos a valorização da escola;
·         Cuidar da estrutura física, dos materiais, carteiras, bebedouros, banheiros pátios, aparelhos eletrônicos e outros da Unidade Escolar;
·         Cuidar do ambiente escolar com amor;
·         Respeitar todas as pessoas que estudam e trabalham na escola: alunos, professoras, funcionários e gestores;
·         Tratar todos com educação usando as palavrinhas mágicas: por favor, com licença, desculpe, obrigado etc.
·         Sensibilizar os alunos sobre a importância de ter atitudes de boas maneiras;
·          Estimular uma mudança de postura e hábitos diante do meio ambiente escolar, evitando o desperdício de papel, lixo jogado no chão, torneiras abertas nos bebedouros, lâmpadas e ventiladores ligados sem necessidade, etc. Conscientizar e estimular a reutilização do lixo como garrafas pet, papelão, etc. na confecção de jogos educativos para o Ensino Fundamental I.
·         Resolver conflitos sem brigar;
·         Melhorar a disciplina em sala criando regras de boa convivência e dinâmicas para perceberem algumas atitudes que geram a indisciplina.

Duração: 03 meses
Público Alvo: Toda a escola
Incisos contemplados: I, II, V, VI, VIII, X

Metodologia - 1ª PARTE – CUIDANDO DA ESCOLA
- Cada professor responsável por uma sala deverá desenvolver e trabalhar o projeto de forma harmônica e conduzir para que seja fixada a importância da limpeza conservação e manutenção do bem público.
- Cada turma será responsável por conscientizar o restante da escola sobre a sua tarefa no projeto e por elaborar cartazes, panfletos, música, teatro etc para apresentar a cada quinzena.

Divisão das tarefas
1. Infantil IV A e B – Manhã
Uso correto das lixeiras
Limpezas das Salas de aula sua importância com amor e Conservação e Limpeza do Planeta Terra.
2. Infantil V A – Manhã e tarde
Manutenção da limpeza das Carteiras com amor.
3. Infantil V B – Manhã/tarde e V D - tarde
Importância dos “Bebedouros, como usar e respeitar a vez do outro na  Escola e seus Cuidados com amor.
4. 1º ano Manhã e tarde
Uso certinho dos Banheiros com amor e Conservação e Limpeza do Nosso Corpo e Nossa Mente.

Sugestões de Apresentações:
Teatro com uso dos Fantoches e a Casinha dos Fantoches.
Uso da Bandinha Rítmica      
Dança com escritas alusivas ao projeto
Músicas
Poesias
Contos
Contador de Histórias
 Repente
Jogral
Faixas
Recadinhos     
      
Metodologia - 2ª parte – CUIDANDO DAS PESSOAS
EU COM MEUS AMIGOS DE SALA
Atividades

·         Rodas de conversa onde poderão ser debatidas as perguntas:
Qual a importância de um amigo?
O que é o medo?
Que coisas nos fazem felizes?
O que nos deixa com raiva?

·         Roda de conversa sobre carinho, expressão de sentimentos, cuidado e respeito com os amigos;
Confecção de mãozinhas para simbolizar seu uso para fazer carinho e não bater nos colegas.
                                                            
·         Teatro (Professoras como personagens);
Será realizada uma dramatização do dia a dia na sala de aula mostrando conflitos ocorridos entre as crianças e a solução dos problemas através do respeito e amizade.

·         Vídeos que mostrem a importância da amizade;

·         Contação de histórias que tratam dos temas amizade, solidariedade, respeito, generosidade, afeto.

·         Mural  presentes para meus amigos;
As crianças irão procurar em revistas figuras de presentes que querem oferecer aos amigos da sala.

·         Mural com recortes de revistas com o tema: “Ser amigo é...”
Após conversa as crianças irão procurar em revistas figuras que mostrem pra cada um o que é ser amigo em seguida será confeccionado um mural.
       
·         Confeccionar juntamente com as crianças “carinhas” FELIZ, TRISTE E RAIVA;
Todos os dias durante a acolhida as crianças irão mostrar como estão se sentindo através da carinha e vão relatar o motivo de tal sentimento.

·         Dinâmicas de grupo;

1)      Dinâmica POR FAVOR: Faz uma roda, escolhe uma criança para ficar do lado de fora da roda, ela tem que tentar entrar na roda. Antes da brincadeira começar você pede para que a criança saia da sala e conversa com a turma para que ninguém deixe a outra criança entrar, só se ela falar a palavra mágica "Por favor". Chama a criança e começa a brincadeira, a criança escolhida normalmente vai empurrar, tentar passar por baixo da perna, mas não vai conseguir.

2)      Jogo das expressões:
Levar a criança a reconhecer os sentimentos e dar nome a eles.

É bem prático: ao recordar fatos, ela toma consciência das causas e consequências do que sente.
Esse é um jogo da memória. Faça com a turma cartas (que formam pares) com desenhos de expressões faciais — triste, alegre, bravo.
A cada par formado, a criança lembra de um momento em que se sentiu como no desenho. Depois de unir todos os pares, cada aluno procura a expressão que melhor representa como ele se sente no momento.

EU COM AS PESSOAS DA ESCOLA

·         Roda de conversa sobre as regras da sala de aula e as regras da escola
O grupo de professoras organizará uma dramatização falando sobre as regras da escola com situações do cotidiano para apresentar para toda a escola. Data a combinar.

Nesse dia será inaugurado o mural dos combinados da escola.


·         Roda de conversa sobre respeito ao trabalho dos outros

Cada professora\escolherá um funcionário da escola para ser entrevistado e junto com a turma escolherá perguntas para serem feitas.

Convidar um funcionário da escola para uma entrevista onde as crianças farão perguntas e a professora registrará as respostas.

Confeccionar um cartão de agradecimento para o funcionário entrevistado.





PROJETO SOBRE VALORES

PROJETO SOU EDUCADO E DOU VALOR!

Justificativa
Um ditado popular diz que educação e boas maneiras vêm de berço. De fato, é tarefa da família transmitir valores para suas crianças que serão essenciais para o seu convívio na sociedade, mas também é papel da escola caminhar no mesmo sentido para reforçar o aprendizado e o uso de princípios éticos e morais. As crianças precisam aprender desde cedo a respeitar os direitos dos outros e a cumprir seus deveres, por isso consideramos que a melhor maneira é através do exemplo. De acordo com a psicóloga da USP Paula Pessoa “o principal para ensinar as crianças é dar o modelo para que ela entenda como se comunicar de forma adequada.”

Objetivo Geral:
Desenvolver nas crianças o hábito de respeitar todos que convivem com elas.

Objetivos Específicos:
·         Incentivar o uso das palavras mágicas: por favor, com licença, desculpe, obrigado, bom dia e boa tarde;
·         Organizar a escola para dar o exemplo aos alunos sobre boas condutas;
·         Incentivar as famílias a observar e a trabalhar as boas condutas e maneiras das crianças em casa e a valorizá-las.
·         Incentivar a partilha e a divisão entre as crianças;
·         Perceber que as pequenas atitudes agradam a todos e que é muito bom dividir;
·         Resolver conflitos sem brigar.

Duração: O ano todo

Metodologia

EU COM MEUS AMIGOS DE SALA
Atividades

·         Rodas de conversa onde poderão ser debatidas as perguntas:
Qual a importância de um amigo?
O que é o medo?
Que coisas nos fazem felizes?
O que nos deixa com raiva?

·         Roda de conversa sobre carinho, expressão de sentimentos, cuidado e respeito com os amigos;
Confecção de mãozinhas para simbolizar seu uso para fazer carinho e não bater nos colegas.
                                                            
·         Teatro (Professoras como personagens);
Será realizada uma dramatização do dia a dia na sala de aula mostrando conflitos ocorridos entre as crianças e a solução dos problemas através do respeito e amizade.

·         Vídeos que mostrem a importância da amizade;

·         Contação de histórias que tratam dos temas amizade, solidariedade, respeito, generosidade, afeto.

·         Mural  presentes para meus amigos;
As crianças irão procurar em revistas figuras de presentes que querem oferecer aos amigos da sala.

·         Mural com recortes de revistas com o tema: “Ser amigo é...”
Após conversa, as crianças irão procurar em revistas figuras que mostrem pra cada um o que é ser amigo em seguida será confeccionado um mural.
       
·         Confeccionar juntamente com as crianças “carinhas” FELIZ, TRISTE E RAIVA;
Todos os dias durante a acolhida as crianças irão mostrar como estão se sentindo através da carinha e vão relatar o motivo de tal sentimento.

·         Dia da Partilha
As partilhas ocorrerão a cada quinzena ou a critério da professora, de forma que todas as crianças realizem a partilha ao longo do ano. As crianças podem, por exemplo, trazer alimentos para que no momento do lanche compartilhem com os amigos. Podem trazer um brinquedo, ou jogo, algo que seja seu e ele possa compartilhar. As partilhas podem ser registradas por meio de fotos e colocadas na página do facebook da escola ou colocadas no mural ou poderá ser feito um filme para mostrar para as crianças ao final do ano na culminância do projeto.

·         Conversa das palavrinhas mágicas
Explique para a criança as regrinhas da brincadeira: a professora fica surda quando você não fala as palavrinhas mágicas. Durante as conversas da rodinha, reforce os momentos em que a criança deveria usar alguma das palavras de cortesia e não as usou, pedindo que ela repita a frase porque você não ouviu direito o que ela dizia, fazendo com que a criança perceba que faltou alguma coisa importante. Assim elas vão percebendo que cada palavrinha deve ser empregadas e a use de forma natural.

A professora fará plaquinhas com as palavras e a atividade paralisa para a criança falar a palavra correta e é parabenizada quando acerta.

Uma outra maneira é a professora trazer diversos desenhos representando algumas situações e as crianças devem levantar a placa que mais se adequa à situação. Exemplo: Alguém dá um presente (obrigado). A criança quer passar num lugar cheio (com licença) etc.

·         Dinâmicas de grupo;

1)      Dinâmica POR FAVOR: Faz uma roda, escolhe uma criança para ficar do lado de fora da roda, ela tem que tentar entrar na roda. Antes da brincadeira começar você pede para que a criança saia da sala e conversa com a turma para que ninguém deixe a outra criança entrar, só se ela falar a palavra mágica "Por favor". Chama a criança e começa a brincadeira, a criança escolhida normalmente vai empurrar, tentar passar por baixo da perna, mas não vai conseguir.

2)      Jogo das expressões:
Levar a criança a reconhecer os sentimentos e dar nome a eles.

É bem prático: ao recordar fatos, ela toma consciência das causas e consequências do que sente.
Esse é um jogo da memória. Faça com a turma cartas (que formam pares) com desenhos de expressões faciais — triste, alegre, bravo.
A cada par formado, a criança lembra de um momento em que se sentiu como no desenho. Depois de unir todos os pares, cada aluno procura a expressão que melhor representa como ele se sente no momento.




 EU COM AS PESSOAS DA ESCOLA

·         Roda de conversa sobre as regras da sala de aula e as regras da escola
O grupo de professoras organizará uma dramatização falando sobre as regras da escola com situações do cotidiano para apresentar para toda a escola. Data a combinar.

Nesse dia será inaugurado o mural dos combinados da escola.


·         Roda de conversa sobre respeito ao trabalho dos outros

Cada professora escolherá um funcionário da escola para ser entrevistado e junto com a turma escolherá perguntas para serem feitas.

Convidar um funcionário da escola para uma entrevista onde as crianças farão perguntas e a professora registrará as respostas.

REFERENCIAIS BIBLIOGRÁFICOS

www.google.com.br
www.atividadespedagógicas.blogspot.com
www.novaescola.com.br

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ - SEDUC. Orientações Curriculares para a Educação Infantil. Fortaleza, 2011.

BRASIL, Ministério da Educação/Conselho Nacional de Educação. Resolução nº 5. Brasília, DF: Câmara de Educação Básica, 2009.



quarta-feira, 14 de março de 2012

CÍRCULO DO HUMOR

Todos iniciamos o ano letivo querendo conhecer as crianças, os seus gostos, a sua personalidade. Para criança também é importante conhecer a si mesma e aprender a lidar com suas emoções. Esta é uma idéia que vi no Programa Art Attack do Canal Disney. É o círculo do humor. Com ele podemos inventar várias brincadeiras para trabalhar a auto-estima, as emoções e os sentimentos. Fora que essa ideia pode evoluir para outros temas também. Tudo o que usamos é: papelão, lápis preto (para desenhar), tesoura, tinta acrílica ou para artesanato e um grampo pra fazer o círculo girar. Vejam as fotos:






segunda-feira, 12 de março de 2012

DIRETRIZES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

Quem está ligado nas novidades da Educação Brasileira, sabe dos avanços que têm acontecido com a Educação Infantil. As Instituições municipais agora se chamam Centro de Educação Infantil e têm que elabora sua Proposta Pedagógica a partir das Diretrizes Curriculares descritas na Resolução n° 05/2009 do Conselho Nacional de Educação. A Secretaria de Educação do Estado do Ceará, juntamente com muitos parceiros elaborou um livro com orientações para interpretar e aplicar essas diretrizes no dia-a-dia da escola. Um grande instrumento de estudo e pesquisa.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

FESTIVAL DE TEATRO E DANÇA DO CEDI

Realizamos nos dias 30 de setembro e 1º de outubro de 2011, o 2º Festival de Teatro e Dança do CEDI. Esse evento faz parte do projeto de artes de nossa escola, que nesse primeiro semestre dá um enfoque as linguagens artísticas: teatro, dança e música. Todas as turmas apresentaram um número artístico:

  • Infantil 1: Dança do Macaquinho com Bia Bedran;
  • Infantil 2A e 2B: Dança com a música Penera o Xerém de Luiz Gonzaga;
  • Infantil 3A: Dança teatralizada A Linda rosa juvenil de domínio público;
  • Infantil 3B: Dramatização da peça adaptada Os porquinhos e o Lobo;
  • Infantil 4A: Dança teatralizada A linda rosa juvenil;
  • Infantil 4B: Dramatização da peça musicada Aventura na África;
  • Infantil 5A: Jogral sobre brinquedos.

video video