quinta-feira, 5 de maio de 2011

PROPOSTA TRIANGULAR

É POSSÍVEL ENSINAR ARTES NA EDUCAÇÃO INFANTIL?

SIMMMMMMMM.


  • A arte tem conteúdos próprios que podem ser absorvidos por crianças de qualquer idade.


  • A criança de creche e pré-escola pode ser estimulada constantemente nos aspectos imaginativos, perceptivos, intuitivos e cognitivos a fim de desenvolver suas competências criativas.

  • A criança pode e deve receber desde cedo a educação para olhar, que a possibilite refletir sobre a obra, quem a fez e porque a fez.



  • As atividades de artes não podem ser utilizadas somente como coadjuvante para as outras áreas do conhecimento.

  • No começo era a pedagogia TRADICIONAL: o professor determinava o que seria feito, ensinava como e a criança só reproduzia;

  • Depois veio a LIVRE EXPRESSÃO, onde a criança tinha total liberdade para expressar-se e o professor não podia interferir de forma alguma.
  • Hoje é a SOCIOINTERACIONISTA É a tendência atual para o ensino da disciplina. A ideia de considerar a relação da cultura com os conhecimentos do aluno e as produções artísticas surgiu na década de 1980.



  • Foco: Favorecer a formação do aluno por meio do ensino das quatro linguagens de Arte: dança, artes visuais, música e teatro.

  • Estratégia de ensino: ensino é baseado em três eixos interligados: produção, apreciação e reflexão sobre a arte, conhecida como Proposta Triangular.





APESAR DESSA DIVISÃO, NÃO DEVE HAVER UMA ORDEM RÍGIDA OU UMA PRIORIZAÇÃO DESSES ELEMENTOS AO LONGO DO ANO LETIVO.

PROPOSTA TRIANGULAR

  • No Brasil, Ana Mae Barbosa formulou a metodologia da proposta triangular;



  • Seguinte tripé em classe: o fazer artístico, a história da arte e a leitura de obras;


  • O ensino atualmente: a produção, a apreciação artística e a reflexão.


1. O fazer artístico (produção): permite que o aluno exercite e explore diversas técnicas e formas de expressão (releitura);



2. A análise das produções (apreciação) é o caminho para estabelecer ligações com o que já sabe e interpretar obras artísticas, inclusive das outras crianças (observar, detalhar e fazer uma releitura);




3. O pensar sobre a história daquele objeto de estudo (reflexão) é a forma de compreender os períodos e modelos produtivos. Conhecer o autor e sua história.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário